Trrocando Ideias
Você está aqui: Home » Home » Poesia: Chapada dos Veadeiros (Página 30)

Filtro de Categorias:

Poesia: Chapada dos Veadeiros (Página 30)

Compartilhe no:

Poesia: Chapada dos Veadeiros (Página 30)
Poesia: Chapada dos Veadeiros (Página 30)

Pode-se estar perto das estrelas,
pisando a Chapada dos Veadeiros
em noite repleta de luzes celestiais
e atabaques nativos ritmados pela sensualidade.

Não importa altitude, credo ou seita,
nesse ponto equidistante,
onde os sentimentos confluem para a paz,
no cintilar de óvnis, vaga-lumes e cristais.

As vibrações devassam a imensidão,
resvalam nos painéis rochosos
escritos por homens perdidos no tempo,
ecoam nos vales da Lua e do Sol

e seguem renovadas,
como tromba d’água caída repentinamente
nas cabeceiras de estreitos afluentes,
formando turbilhões,
arrastando preceitos e avisos.

A força da natureza
encanta e surpreende.
A dor faz refletir.
No lirismo estrelado,
a melhor lição ecológica.

Lance seus olhos
sobre a vastidão do cosmo,
contemple a natureza exuberante da Chapada,
e sinta-se bem próximo das estrelas.

Chapada dos Veadeiros Colossal concentração de cristal localizada no centro da América Latina, paralelo 14, no Estado de Goiás/Brasil, a 260 quilômetros de Brasília/DF.