Trrocando Ideias
Você está aqui: Home » Blog » Sensuais » Poesia: Beijo (Página 103)

Filtro de Categorias:

Poesia: Beijo (Página 103)

Compartilhe no:

Hoje
Beijo seus cabelos, sua face.

Ontem
Beijava sua boca, seu corpo.
Diminuía a luz e o som
para beijar seu sexo
demoradamente.

Sem querer parar,
perseguíamos o prazer
no escancarado de suas pernas
lisas e rubras,
como a pedir desculpas
pelo desprendimento profano,
direito de todos.

O retrocesso é meu.
O pecado, se houve, é nosso;
dividido ao meio,
para ser sempre belo.

Outras poesias “Sensuais”: Clareira (p.50), Acaso (p.70), Odores (p.78), Brinquedo (p.84), O Fotógrafo e o Poeta (p.94), Prisma (p.100), Menina Mulher (p.126), Entes (p.130), Fomos (p.146), No Escuro (p.168), Uma Lágrima (p.172), Precoce (p.174).